Páginas

sábado, 24 de agosto de 2013

NÃO AO REFRIGERANTE

Não sei, parece que é uma daquelas mudanças de paradigma que tentamos evitar por ser "normal", mas que depois percebemos, um bom tempo depois, que era necessário, inevitável e que foi melhor assim.

É uma tendência forte, que apenas vem em concordância com a tendência de vida saudável, qualidade de vida e bem estar, cada vez mais pessoas resolvem por livre e espontânea vontade deixar de tomar refrigerante. Por livre e espontânea vontade mesmo, já que a maioria das pessoas ainda consome e defende a bebida.

Os maiores agravantes do consumo do refrigerante são:

  • não tem nenhum valor nutricional; 
  • uma lata contém 100% do açúcar indicado para um dia; 
  • uma lata contém mais de 100% do sódio indicado para um dia; 
  • contém muita cafeína causando aumento da pressão; 
  • afeta estrutura e desenvolvimento dos ossos e dentes. 


Sim, ainda é a segunda bebida mais consumida no mundo, ainda é popular pra caramba, e comparada com diversas bebidas ainda é mais barata. Mas o mais importante é que o refrigerante ainda é o mais prejudicial a saúde.

I drink to that!





Aqui matéria e infográfico sobre a quantidade de açúcar nos alimentos.
Aqui um infográfico interativo sobre a quantidade de sódio de cada bebida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário