Páginas

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

NAMORAR É PRECISO?

Se por volta dos trinta anos nos é cobrado responsabilidade e casamento, aos vinte é cobrado estudo, trabalho e namoro. É sim! Se você não tem mais os pais por perto (mesmo assim eles podem cobrar), amigos, vizinhos, colegas de trabalho, todos cobram, exigem nos pequenos comentários, na clássica pergunta: "tá namorando?", nas indiretas, elas estão lá! 

Mas por que é tão importante namorar? Por que? Por que? Por que?



Vamos lá, aos prós e contras:


NAMORAR É...



  • Ser apreciado;
  • Sexo;
  • Aproveitar o Dia dos namorados/Aniversário de Namoro;
  • Fazer programas destinados a dois;
  • Ter sempre companhia pra sair e pra ficar em casa;


NÃO NAMORAR É...



  • Não ter que dar tanta satisfação das suas ações;
  • Curtir a solidão produtiva (emprestado do ócio produtivo);
  • Menos gastos (não aplicável a todos os casos);
  • Sem discussões;
  • Poder sair com os amigos, sem exceções.


Ok. Com cinco prós e contras assim tão bum! Jogados na cara, não sei se alguém consegue pensar direito. E não é uma decisão unilateral e depende de diversas variáveis que mudam de acordo com o indivíduo em questão, tempo, espaço e a variação do preço da banana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário