Páginas

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

O GRANDE AMOR DA MINHA VIDA

Durante o enterro do pai de uma grande amiga, enquanto contava histórias sobre ele em meio as lágrimas, ela nos disse que ao contar pra mãe que o ex-marido havia falecido ela disse: "Ele foi o grande amor da minha vida".
(grande suspiro)
Não foi qualquer amor, foi o grande amor de uma vida, uma vida inteira, sabe o que é isso? Ele foi pra ela o que a Jenny foi pro Forrest, o que o Jack foi pra velha Rose e o que o outro Jack foi pro Ennis, alguém em milhões, um amor em milhões. Não pude deixar de pensar em quantas pessoas passam pela nossa vida ao longo dos anos, em quantas pessoas conhecemos, quantas pessoas simpatizamos, quantas gostamos e finalmente quantas amamos, e quanto mais forte o sentimento parece se estreitar também uma espécie de funil, e aos que tiveram sorte ele termina no grande amor da vida. Nossa é muita coisa!
(suspiro final)
Foi um momento bonito, daqueles que vão ficar na memória pra sempre com um sabor agridoce, que te faz ir as lágrimas mas também suspirar e pensar na beleza do amor, da vida.

6 comentários:

  1. Todos nós temos pelo menos um desses na vida, creio eu... :-)

    ResponderExcluir
  2. Engraçado que o Grande amor da vida das pessoas e justo aquele que não tivemos, ou eu estou enganado...

    ResponderExcluir
  3. Bem, o Teago está enganado afinal ela foi casada com ele, né?
    Deve ser lindo ter esta certeza.

    ResponderExcluir
  4. Ai, ai... #suspiro!
    O "amor da nossa vida" continua - mesmo quando "acaba"!
    Hugzones!

    ResponderExcluir
  5. Acho que é por ai mesmo, não é um feliz para sempre, mas como diria o camarada Vinicius: "Mas que seja infinito enquanto dure" ou foi o Netinho que disse isso? Rs.

    ResponderExcluir