Páginas

quarta-feira, 18 de junho de 2014

THE NORMAL HEART (FILME HBO)

Acabou Game of Thrones, acabou Hannibal, muitas mortes importantes em ambos, mas nada fora do normal. Acabou Psi, apesar do que li por aí, gostei da maior parte dos episódios. True Blood vai apresentar sua última temporada e por isso a HBO tá botando quente num loop infinito de episódio atrás de episódio e temporada atrás de temporada.
Falando em HBO, a pouco tempo estreou o filme para TV The Normal Heart, protagonizado pelo Mark Ruffalo (Minhas mães e meu pai, 2010), Matthew Boner (The white collar), Julia Roberts, Taylor Kitsch (Battleship, 2012) e Jim Parsons (The big bang theory). Falar sobre a AIDS quando ela ainda nem tinha esse nome é tão estranho, determinadas horas o filme parece um daqueles batidos sobre apocalipse, uma doença que tá matando as pessoas e que ninguém sabe o que é, com sintomas estranhos e que modifica a aparência, outras horas parece que é só sobre política, sobre as conspirações conspiratórias da Casa Branca e de repente é um drama, tipo um soco no estômago mesmo, tem algum romance, tem sexo, tem nudez (saiam da sala crianças), mas antes de tudo trata do direito das pessoas a saúde e a liberdade. O filme é dolorido até certo ponto, mas é bom, talvez por isso, por não tornar bonitinho um assunto tão sério, mas vale muito mais como registro de um momento tão importante, a descoberta do vírus HIV, afinal as mudanças causadas por essa descoberta repercutem até hoje no nosso cotidiano.

8 comentários:

  1. Eu vi alguns episódios de PSi, muito interessante não?! Inclusive aquele filho do psiquiatra.. cof cof cof ;-)

    Eu achei interessante o The Normal Heart, confesso que não sei se gostei tanto do filme, mas ele me colocou a pensar sobre bastante coisa. Triste ver alguém ter que acompanhar o companheiro definhar, intrigante pensar nas formas de se brigar... "Tudo ou nada" como o papel do Mark Ruffalo ou "moderadamente" como seus amigos?

    Será que se ele fosse um dos moderados, alguma coisa teria sido feita?! Julia Roberts também deu um show... Vale ser visto...

    Abração!

    Então... e tem a bundoca do Matt Bomer né?! Benzadeus! COF COF COF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tu gostou do filho do Carlo, tu precisa assistir ele em Os 3, filme brasileiro, rs. Realmente louvável a atuação da Julia Roberts. E sim, tem muitas bundas nesse filme!

      Excluir
  2. adulto, esse filme é show. eu tinha visto a peça na broadway (tá no blog) e tava doido pra ver o filme também. gostei, emocionante e triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, o Jim Parsons já fazia o mesmo papel naquela época né!?

      Excluir
  3. Quem é vivo, sempre aparece... hehehe

    ResponderExcluir
  4. DOIDO pra assistir!!! E mais doido em ter notícias tuas, guri! Saudadonas... vê se volta pra ficar, nzé? Hugzão!

    ResponderExcluir
  5. Preciso assistir urgente este filme!

    ResponderExcluir
  6. Não saber dizer não é um problema. Ou solução?!? Hehehe! Bom finde, guri! Hugz!

    ResponderExcluir